como fazer o melhor cabrito assado no forno a lenha para a sua páscoa - À Volta das Panelas!

como fazer o melhor cabrito assado no forno a lenha para a sua páscoa

PXL_20220305_150944922.PORTRAIT.jpg

É uma obrigação cá em casa. Domingo de Páscoa sem cabrito assado é como o Luís Filipe Vieira sem bigode. Fica irreconhecível. E é por isso que já temos o nosso cabrito encomendado no talho, há algumas semanas. 

No próximo sábado, temperamo-lo e acendemos o forno a lenha. Durante as 24 horas seguintes, o cabrito fica a apurar e o forno fica a aquecer. No domingo de manhã, estão os dois perfeitos para serem cozinhados. 

Se preferir, também pode fazer esta receita com borrego. Nós já experimentámos algumas vezes cá em casa e fica igualmente divinal. Mas, para mim, cabrito é sempre cabrito. Ou não fosse cabrito... cabrito. Não sei se está a perceber onde quero chegar... é que eu não estou. O único sítio onde quero mesmo chegar é à receita. Porque durante as próximas 72 horas a única coisa que faço é contar todos os minutos e segundos até ao meu almoço de domingo.

PXL_20220305_151826974.PORTRAIT.jpg

Ingredientes

Para 4 pessoas

  • 1/2 cabrito partido em pedaços 
  • 2 cabeças de alho
  • Sal grosso a gosto
  • 4 colheres de sopa de pimentão em pó
  • 2 cebolas grandes
  • 2 folhas de louro
  • 2 colheres de sopa de pimenta preta em grão
  • 1/2 colher de chá de cravinho em pó
  • 1 mão cheia de salsa fresca picada
  • 2 copos de vinho branco
  • 3 colheres de sopa de azeite virgem extra
  • 3 colheres de sopa de banha de porco ou de manteiga
  • 1 cálice de whisky
  • 1 kg de batatinhas para assar

 

Prepare o cabrito de véspera. Lave-o bem e coloque-o num tacho de barro. Triture os dentes de alho descascados, juntamente com sal grosso a gosto, até criar uma massa de alho. Envolva o cabrito na massa de alho. Ajuste o tempero de sal grosso, se necessário, e cubra-o com o pimentão em pó. Tape-o e deixe-o repousar assim até ao dia seguinte.

No próprio dia, corte as duas cebolas em gomos e coloque-as no tacho de barro, junte duas folhas de louro, a pimenta em grão, a salsa e muito pouco cravinho em pó (tenha cuidado porque o sabor do cravinho é muito forte). Finalmente, coloque três colheres de sopa de banha, um fio de azeite e o vinho branco no fundo do tacho. Finalize espalhando as batatas ppor baixo.

Tape com papel de alumínio e leve ao forno – num forno a lenha aquecido de véspera ou num forno eléctrico pré-aquecido a 230º C. Deixe assar durante uma hora e meia a duas horas, interrompendo de 20 em 20 minutos para regar o cabrito com o molho que está no fundo do tacho. Quando vir que a carne está bem cozinhada, a separar-se facilmente dos ossos, destape o cabrito, junte o cálice de whisky e volte a colocá-lo no forno durante mais 15 a 20 minutos, até tostar bem a parte de cima. 

Acompanhe com as batatinhas assadas e grelos salteados em azeite e alho. Com arroz de forno feito com os miúdos do cabrito, também fica um sonho... Mas essa receita deixamos para depois...

 

Uma óptima Páscoa para si onde quer que o cabrito esteja,

Ele

 

receita e fotos: casal mistério

Powered by Blogger.