Skip to main content

sopa de ervilhas com cajus, uma receita vegan e sem glúten ideal para quem está de dieta

Cada vez que uma nutricionista me diz que tenho de comer só sopa ao jantar, eu derramo uma lágrima de pura infelicidade. Não acho graça nenhuma a sopas de uma forma em geral e a algumas em particular. Não acho graça nenhuma a sopa de cenoura, sopa de legumes, sopa juliana, enfim, às mais banais. Mas adoro sopas frias, por exemplo. E sopa de cogumelos. E um belo caldo verde, de vez em quando, sabe muitíssimo bem. Mas, de longe, a minha sopa preferida é a de ervilhas. Seria provavelmente a única receita que poderia comer todas noites, sem enjoar. Adoro. Eis senão quando descubro esta preciosidade no blog Binjal’s Veg Kitchen: sopa de ervilhas com cajus? Não adoro. Amo. Ainda por cima é saudável, vegan e sem glúten: é rica em antioxidantes, proteínas e vitamina C.

Só precisa de ter em casa ervilhas (frescas ou congeladas), cajus, uma cebola picada, uma cabeça de alho, azeite, pimenta preta moída, sal, caldo de legumes ou água, piripíri e creme de cajus para decorar (opcional).

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, espreite aqui a receita original.

Roasted-Garlic-Green-Peas-Soup-L1.jpg

 

Aqueça numa panela grande o azeite com o alho descascado e deixe tostar até o alho ficar dourado. Adicione a cebola picada e os cajus, e deixe saltear durante 2 a 3 minutos em lume médio alto.

Junte as ervilhas, tempere com sal e pimenta e mexa durante cerca de um minuto. A seguir, acrescente o caldo de legumes ou a água e deixe ferver durante 7 a 8 minutos até as ervilhas amaciarem.

Retire do lume e deixe arrefecer ligeiramente.

Passe a sopa pela varinha mágica até obter um creme macio.

Volte a colocar a sopa ao lume e deixe ferver.

Divida a sopa pelas taças que vai servir e decore com creme de cajus, um pouco mais de pimenta preta e piripíri.

Se puder e gostar, junte uns croutons antes de servir.

 

Boas receitas,

Ela

 

receita e foto: binjal´s veg kitchen

 

Comments

Popular posts from this blog

RECEITA DE MOLOTOF DE CARAMELO

Ingredientes: 5 claras 5 colheres de sopa de açúcar Caramelo líquido q.b. Preparação: Numa tigela bata as claras em castelo até ficar bem firmes. De seguida, junte o açucar e o caramelo. Bata mais um pouco. Unte a forma com caramelo e deite o preparado anterior. Leve ao forno a 180º entre 7 a 10 minutos. Retire e desenforme. Nota: Não abra o forno enquanto a cozedura. Deixe arrafecer o molotofe dentro do forno. Bom Apetite!! Fonte:

Bolo de Abóbora da Clara de Sousa....é uma maravilha!

Ingredientes:  4 ovos 70 g de margarina 350 g de açúcar 600 g de abóbora 120 g de farinha 120 g de farinha maisena 75 g de coco ralado 1 c. (de sobremesa) de fermento em pó Preparação:  Corte a abóbora em pedaços e leve a cozer em água. Coloque a polpa sobre um coador para perder toda a água da cozedura. Calque um pouco se necessário. Depois de escorrida deve ficar com aproximadamente 320 a 350 g. Bata as gemas com a margarina até ficar cremoso. Acrescente um a um os outros ingredientes, abóbora, açúcar, farinha de trigo, farinha maisena, coco ralado e fermento em pó. Por fim, junte as claras batidas em castelo. Unte e enfarinhe uma forma de buraco grande. Leve ao forno pré-aquecido a 180º C durante 40 a 45 minutos. Deixe arrefecer um pouco e desenforme.

Bolo de ananás formidável... bem fofinho e húmido

Ingredientes 1 lata de ananás das grandes 2 chávenas de chá de farinha 2 chávenas de açúcar 7 ovos 1 colher de café de fermento em pó Caramelo líquido q.b. 1. Ligue o forno a 180ºC. 2. Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo com um pitada de sal. 3. Bata as gemas com o açúcar até obter uma massa homogénea e de seguida verta a calda do ananás. 4. Peneire a farinha e o fermento e junte ao preparado das gemas. 5. Por fim envolva as claras em castelo com gentileza. 6. Unte uma forma de chaminé com o caramelo e forre-a com as rodelas de ananás. 7. Se lhe sobrar ananás, corte aos pedacinhos e adicione à massa. 8. Leve o bolo ao forno por cerca de 35 a 50 minutos, vá verificando com o palito, não deixe cozer demais para não ficar seco. 9. Desenforme quente.  Fonte original todos os direitos reservados a:  http://desastresculinarios.blogspot.com