vídeo para confinados: como fazer um bolo rei tradicional em casa - À Volta das Panelas!

vídeo para confinados: como fazer um bolo rei tradicional em casa

DSC04162 2.jpg

Com mais de 2% dos portugueses infectados hoje com Covid-19 e muitas mais centenas de milhares de pessoas isoladas em casa, é quase um acto de serviço público revelar uma receita de bolo rei fácil e deliciosa para poder passar um Dia de Reis mais delicioso este ano.

Foi por isso que nos juntámos mais uma vez com a EPAL para fazer um vídeo da receita de bolo rei tradicional e quentinha para toda a gente que terá de passar este Dia de Reis em casa. Inspirada na receita da incontornável Maria de Lourdes Modesto, vai ver que não é assim tão difícil de fazer e fica com uma textura leve e deliciosa.

Para a massa, usámos água da torneira morna para diluir o fermento. E, pouco antes de servir, pincelámos o bolo com uma irresistível mistura de geleia de marmelo com água da torneira. Além de o bolo ficar com uma cobertura dourada e brilhante e com uma massa fofinha, a água da torneira é uma óptima maneira de começarmos o Ano Novo com um consumo sustentável e combatendo o desperdício de plástico absurdo que existe na água engarrafada.

 

 

Ingredientes

  • 750 g de farinha
  • 30 g de fermento de padeiro
  • 1 dl de água da torneira morna
  • 150 g de manteiga 
  • 150 g de açúcar
  • 150 g de frutas cristalizadas pequenas
  • 250 g de frutos secos (pinhões, nozes, passas e amêndoas)
  • 4 ovos
  • 1 limão
  • 1 laranja
  • 1 dl de vinho do Porto
  • 1 colher de sobremesa (rasa) de sal grosso

Para decorar

Sem nome 2.jpg

O primeiro passo é escolher as frutas cristalizadas: frutas saborosas, pequenas e sem corantes. Eu costumo escolher especialmente laranja, ginja e pera. Depois, pique-as e deixe-as a macerar no Vinho do Porto, juntamente com os frutos secos. Dissolva o fermento em 1 dl de água da torneira morna e junte a uma chávena de farinha tirada do peso total. Misture e deixe levedar em ambiente morno durante cerca de 15 minutos.

Entretanto, bata a manteiga com o açúcar e as raspas do limão e da laranja. Junte os ovos, um a um, continuando a bater nos intervalos, e depois a massa de fermento que preparou. Quando tudo estiver bem ligado, adicione a restante farinha peneirada com o sal. Amasse a massa muito bem. Esta massa deve ficar macia e elástica. Se estiver muito rija, junte um pouco mais de água da torneira morna. Misture agora as frutas maceradas no Vinho do Porto.

DSC04229 2.jpg

Volte a amassar e forme uma bola. Polvilhe a massa com um pouco de farinha, coloque-a numa taça tapada com um pano e envolva num cobertor. Deixe levedar em ambiente morno durante cerca de 5 horas. Quando a massa tiver dobrado de volume, forme um anel com um buraco no meio. Introduza a fava e o brinde embrulhado em papel vegetal. Para impedir que a rodela feche, introduza uma tigela no buraco no centro do bolo.

Deixe levedar durante mais uma hora. Depois pincele o bolo com gema de ovo e enfeite com frutas cristalizadas maiores e com pinhões inteiros, meias nozes e meias amêndoas. Polvilhe com açúcar e leve ao forno, pré-aquecido a 180º C, durante 35 a 45 minutos. Quando o bolo rei estiver dourado por fora e bem cozido por dentro, pincele-o com a geleia de marmelo diluída num pouco de água da torneira morna e termine com açúcar de confeiteiro polvilhado por cima.

DSC04185 2.jpg

Vai ver que depois de provar esta maravilha, nunca mais vai querer bolo rei de pastelaria na vida.

 

Um óptimo Dia de Reis para si onde quer que o confinamento esteja,

Ele

 

vídeo e fotos: casal misterio

 

Uma receita feita em parceria entre o Casal Mistério e a EPAL

Powered by Blogger.