Skip to main content

estudo científico: se interromper a sua dieta de duas em duas semanas, pode emagrecer mais 7 quilos

Depois do jejum intermitente, chegou a dieta intermitente. Um grupo de cientistas chegou à conclusão de que não vale a pena mergulhar em meses e meses de dieta seguida. O segredo é fazer duas semanas de intervalo a cada duas semanas de dieta. Isso mesmo: quinzena sim, quinzena não. Ao fim de quatro meses, pode ter perdido mais 7,7 quilos do que se tivesse feito tudo seguido. E também vai emagrecer mais depressa.

As conclusões são de um estudo da Escola de Ciências Médicas da Universidade da Tasmânia, na Austrália, e acabaram de ser adoptadas nesta casa como se fossem a Torah para os judeus.

brooke-lark-HlNcigvUi4Q-unsplash.jpg

A justificação dada por Nuala Byrne, responsável pelo estudo, está num palavrão que pode ser traduzido por "termogénese adaptativa". No fundo, é a capacidade que o seu corpo tem de sobreviver quando sente uma ameaça de fome. Ao perceber que existe uma redução abrupta de "ingestão de energia", o organismo reduz o metabolismo de forma a manter as gorduras e nutrientes fundamentais para a sua sobrevivência. Basicamente, o seu corpo continua a engordar durante mais tempo para sobreviver.

O que a interrupção da dieta faz é que essa mensagem não passe para o organismo e ele se mantenha a queimar gorduras e calorias à veloicdade normal. 

A equipa de investigadores comparou dois grupos de pessoas a seguirem a mesma dieta: um grupo fez dieta ininterrupta ao longo de 16 semanas, o outro fez uma dieta intermitente – duas semanas de dieta, duas semanas de pausa. No final, o grupo da dieta intermitente tinha amegrecido mais rapidamente do que o outro e também tinha emagrecido mais: em média mais 7,7 quilos do que aqueles que fizeram uma dieta seguida.

brooke-lark-jUPOXXRNdcA-unsplash.jpg

A professora responsável pelo estudo alerta para que interrupções maiores ou mais pequenas possam não resultar. No entanto, no livro Starve Mode: Explaining & Resetting Metabolic Problems That Can Come From Dieting, a autora Leigh Peele publica uma tabela com as interrupções ideais para diferentes períodos de dieta. Por exemplo, se fizer ciclios de 60 a 80 dias seguidos de dieta, deverá interromper durante períodos de 14 a 18 dias.

Eu cá prefiro seguir o conselho dos cientistas australianos: a cada duas semanas de dieta, duas semanas de desforra.

 

Uma óptima dieta para si onde quer que as pausas estejam,

Ele

 

fotos: brooke lark/unsplash

Comments

Popular posts from this blog

RECEITA DE MOLOTOF DE CARAMELO

Ingredientes: 5 claras 5 colheres de sopa de açúcar Caramelo líquido q.b. Preparação: Numa tigela bata as claras em castelo até ficar bem firmes. De seguida, junte o açucar e o caramelo. Bata mais um pouco. Unte a forma com caramelo e deite o preparado anterior. Leve ao forno a 180º entre 7 a 10 minutos. Retire e desenforme. Nota: Não abra o forno enquanto a cozedura. Deixe arrafecer o molotofe dentro do forno. Bom Apetite!! Fonte:

Bolo de Abóbora da Clara de Sousa....é uma maravilha!

Ingredientes:  4 ovos 70 g de margarina 350 g de açúcar 600 g de abóbora 120 g de farinha 120 g de farinha maisena 75 g de coco ralado 1 c. (de sobremesa) de fermento em pó Preparação:  Corte a abóbora em pedaços e leve a cozer em água. Coloque a polpa sobre um coador para perder toda a água da cozedura. Calque um pouco se necessário. Depois de escorrida deve ficar com aproximadamente 320 a 350 g. Bata as gemas com a margarina até ficar cremoso. Acrescente um a um os outros ingredientes, abóbora, açúcar, farinha de trigo, farinha maisena, coco ralado e fermento em pó. Por fim, junte as claras batidas em castelo. Unte e enfarinhe uma forma de buraco grande. Leve ao forno pré-aquecido a 180º C durante 40 a 45 minutos. Deixe arrefecer um pouco e desenforme.

Bolo de ananás formidável... bem fofinho e húmido

Ingredientes 1 lata de ananás das grandes 2 chávenas de chá de farinha 2 chávenas de açúcar 7 ovos 1 colher de café de fermento em pó Caramelo líquido q.b. 1. Ligue o forno a 180ºC. 2. Separe as gemas das claras e bata as claras em castelo com um pitada de sal. 3. Bata as gemas com o açúcar até obter uma massa homogénea e de seguida verta a calda do ananás. 4. Peneire a farinha e o fermento e junte ao preparado das gemas. 5. Por fim envolva as claras em castelo com gentileza. 6. Unte uma forma de chaminé com o caramelo e forre-a com as rodelas de ananás. 7. Se lhe sobrar ananás, corte aos pedacinhos e adicione à massa. 8. Leve o bolo ao forno por cerca de 35 a 50 minutos, vá verificando com o palito, não deixe cozer demais para não ficar seco. 9. Desenforme quente.  Fonte original todos os direitos reservados a:  http://desastresculinarios.blogspot.com