7 resoluções de ano novo para o ajudar a emagrecer de forma saudável - À Volta das Panelas!

7 resoluções de ano novo para o ajudar a emagrecer de forma saudável

Sinto-me como o Bruno de Carvalho a entrar na casa do Big Brother: este é todo um novo mundo para mim. As dietas estão para a minha vida assim como as Berlengas estão para um aborígene. São um mundo demasiado distante. Mas este ano a minha querida e prezada Mulher Mistério impôs a lei da dieta nesta casa. Pelo menos em Janeiro, diz Ela. Até ao Verão, garanto eu. 

Seja como for, este início de ano é de contenção. E estas são as 7 resoluções de Ano Novo que vão guiar a nossa dieta. As dicas foram retiradas de vários sites de nutricionistas por essa Internet fora.

brenda-godinez-CrK843Pl9a4-unsplash.jpg

Evite a desidratação 

Não, não basta beber 3 litros de água por dia. O ideal para emagrecer é juntar ao consumo de água o consumo de alimentos que o ajudam a hidratar. Além de o deixarem muito mais saciado, ainda lhe dão as vitaminas e os nutrientes de que precisa para começar o ano de forma saudável. Aipo (96% de água), courgette e leite magro (95%), tomate (94%), melancia (93%) e morangos estão entre os alimentos que o vão deixar mais saciado sem engordar. Mas o melhor é ver a lista completa no site Delish

monika-grabkowska-zxZU1Hn3vSU-unsplash.jpg

Corte com a comida no trabalho 

É quase um scrilégio dietético. Segundo um estudo recente, revelado pelo jornal britânico The Sun, uma mulher consome em média mais 100 mil calorias por ano só em lanchinhos no escritório. Não estamos propriamente a falar almoços na copa, estamos só a falar daquela bolachinha a meio da tarde, daquele bolinho à frente do computador, daqueles frutos secos para matar a fome. Em 2022, diga não aos lanches no escritório. Mesmo que sejam oferecidos. Se tiver fome, leve de casa um destes snacks saudáveis

jade-wulfraat-Wo_JUaWp7Dg-unsplash.jpg

Interrompa a sua dieta a cada duas semanas 

Para mim, foi a melhor notícia deste início de ano. Em vez de adoptar o jejum intermitente, o melhor é adoptar a dieta intermitente. A cada duas semanas de dieta, faça duas semanas de pausa. Um estudo científico australiano concluiu que pode emagrecer mais 7,7 kg do que fazendo uma dieta seguida. E também emagrecer mais rapidamente. A explicação está aqui.

alex-lvrs-aX_ljOOyWJY-unsplash.jpg

Coma queijo todos os dias 

Eu sei que o queijo tem gordura, eu sei que o queijo tem calorias mas, além de ser permitido pela dieta cetogénica, o queijo ganhou recentemente um novo aliado: um estudo publicado pelo European Journal of Nutrition que garante que comer 40 gramas de queijo por dia reduz o risco de contrair problemas cardiovasculares. Para mim, é tudo o que precisava de ouvir: um queijinho por dia não sabe o bem que me fazia.

adana-eisagholian-U9XpwAzue_Y-unsplash.jpg

Coma alimentos que combatem a celulite 

Não precisa de se encher de cremes caríssimos comprados na farmácia. O site Delish fez esse enorme serviço público que foi falar com vários especialistas para eleger os 10 melhores alimentos para combater a celulite. Salmão, sementes de girassol, pimenta de caienna, mirtilos e vinagre de sidra estão no topo da lista. 

joanna-kosinska-4qujjbj3srs-unsplash.jpg

Corte nos adoçantes 

É simples: o açúcar é quase como um vício. Quanto mais as suas papilas gustativas estiverem habtuadas a consumir aquele sabor, mais vão querer. Ao substituir o açúcar por adoçante, está a cortar na ingestão de calorias, mas continua a habituar as suas papilas ao sabor. Se, pelo contrário, tentar cortar no açúcar e no adoçante vai ver que, ao fim de algum tempo, começará a estranhar o sabor e será muito mais fácil resistir aos doces. Experimente primeiro com o café e vai ver se não resulta. 

yosef-futsum-cwpeC1p6HA8-unsplash.jpg

Durma bem 

Eu sei que parece um lugar comum, mas é mesmo ciência. Uma equipa de investigadores do King's College, em Londres, compilou os resultados de 11 estudos científicos diferentes e chegou a uma conclusão assustadora: quem dormia menos horas do que o recomendado ingeria em média mais 385 calorias no dia seguinte. Segundo esta análise, as pessoas que dormiram menos mantiveram a quantidade de hidratos de carbono ingeridas pelas pessoas que dormiram bem, mas "ingeriram proporcionalmente mais gorduras e menos proteínas". Este valor representa mais 20% do valor diário recomendado para uma mulher média. Ao fim de um ano, dá mais 140.525 calorias ingeridas. E um feitio mais rabugento, também.

 

Um óptimo ano para si onde quer que a dieta esteja,

Ele

 

fotos: brenda godinezmonika grabkowskaadana eisagholianjade wulfraatjoanna kosinskaalex lvrs / unsplash  

Powered by Blogger.