dieta de ano novo: qual a melhor hora do dia para fazer jejum intermitente, segundo uma médica de harvard

A minha querida Mulher Mistério anda obcecada com o Jejum Intermitente. Desde que a experimentou pela primeira vez que está profundamente convicta de que está ali o segredo para o seu sucesso perante a tirana balança cá de casa. Eu confesso que estava um pouco renitente, mas esta semana encontrei um artigo publicado, na respeitada revista da Harvard Medical School, por uma médica, investigadora e professora naquela universidade, a explicar como pode transformar o seu Jejum Intermitente numa dieta de sucesso.

louis-hansel-shotsoflouis-K47107aP8UU-unsplash.jpg

Monique Tello confessa que sempre desconfiou dos benefícios do Jejum Intermitente em relação às outras dietas, mas mudou de opinião com os mais recentes estudos científicos. Segundo a investigadora, os últimos estudos provam que a eficácia do Jejum Intermitente depende de 3 factores: 

  1. O que come nos intervalos do jejum
  2. Quanto tempo dura cada período de jejum
  3. A que horas são feitos os períodos de jejum

 

De acordo com a professora de Harvard, se seguir 3 conselhos durante o Jejum Intermitente, este torna-se mais eficaz do que as restantes dietas. Ajuda a "queimar calorias e a perder peso; (...) melhora o metabolismo; reduz o açúcar no sangue; alivia inflamações, o que traz vários benefícios para a saúde em doenças como artrite e asma; e ainda ajuda a eliminar toxinas e células doentes, o que reduz o risco de cancro e melhora o funcionamento do cérebro".

helena-yankovska-QXSvbDkiJmY-unsplash.jpg

Para que isto seja real, é importante seguir estes 3 conselhos quando fizer o seu jejum intermitente: 

  1. Coma apenas durante oito horas seguidas ao longo do dia (no máximo dez horas) e sempre de manhã, fazendo jejum ao longo das restantes 16 horas do dia. Nunca coma à noite. Os horários sugeridos são comer apenas entre as 7h da manhã e as 15h ou entre as 10h e as 18h. O importante é nunca comer depois das 18h. Um estudo recente publicado no New England Journal of Medicine prova que o horário a que faz o jejum é essencial para atingir bons resultados: o segredo é fazer os períodos de jejum sempre à noite e não comer nada a partir do meio da tarde.
  2. Evite açúcares e cereais refinados. Durante os intervalos do jejum, privilegie o consumo de frutas, vegetais, feijões, lentilhas, cereais integrais, proteínas magras e gorduras saudáveis. No fundo, privilegie uma dieta mediterrânica no intervalo dos jejuns.
  3. Não coma snacks, limite-se às refeições. E mantenha-se activo ao longo do dia de forma a criar músculo.

Cumprindo isto, estou seguro de que a minha querida Mulher Mistério vai poder trocar a pilha da nossa balança muito brevemente.

 

Um óptimo ano para si onde quer que a dieta esteja,

Ele

 

fotos: louis hansel @shotsoflouis e helena yankovska/unsplash

 

Powered by Blogger.