coronavírus: microbiologista dá 5 conselhos para limpar a sua casa e as suas mãos

Não há dúvida sobre uma coisa: a melhor maneira de evitar o novo coronavírus é lavar – primeiro lavar as mãos, depois lavar as superfícies onde toca regularmente. O problema é que não basta simplesmente lavar. Convém seguir algumas recomendações dadas pelos especialistas para que tanto as suas mãos como as superfícies da sua casa fiquem livres de vírus, bactérias e fungos. Não só durante esta fase de epidemia, mas ao longo de todo o ano.

O fantástico site Apartment Therapy foi falar com uma microbiologista que é consultora do Fórum Científico Internacional e professora honorária da London School of Hygiene and Tropical Medicine (Faculdade de Higiene e Medicina Tropical da Universidade de Londres) para perceber quais os cuidados que a cientista aplicava em casa para evitar a propagação de vírus e bactérias. Os conselhos são fáceis de seguir.

project prism_color search archive_48ed35cf004f70c

 

1. Use sabonete líquido em vez de sabonete sólido 

Primeira má notícia para quem lava as mãos apenas com gel desinfectante: o gel não substitui a água e sabonete. Um estudo, publicado em 2010 no American Journal of Infection Control, concluiu mesmo que o uso de desinfectante em vez de sabonete pode ter contribuído para um surto de norovírus na Nova Inglaterra, nos Estados Unidos.

É por isso que a microbiologista Sally Bloomfield aconselha a lavar as mãos com água corrente – e não parada – e sabonete líquido, uma vez que o sabonete sólido pode passar infecções de uma pessoa para outra. Isto não quer dizer que nunca use gel desinfectante – ele pode ser útil quando está fora de casa e não tem perto uma casa de banho com água e sabonete líquido. Nesses casos, desinfecete as mãos com o gel e, logo que chegar a uma casa-de-banho, lave-as com água corrente e sabonete líquido.

k_archive_f1a8b6babd51348d6d296f186fd69daba29a3cd2

2. Limpe as mãos apenas a toalhas lavadas ou descartáveis 

Alguns vírus e bactérias podem sobreviver em tecidos durante oito a 12 horas. E um estudo publicado recentemente na China, mas ainda não certificado, diz mesmo que o coronavírus pode permanecer em alguns tipos de superfície até um período de dois a três dias. Isso significa que pode lavar as suas mãos da melhor forma possível mas, se depois as for secar com uma toalha infectada com o vírus, este voltará para o seu corpo.

O conselho da microbiologista é muito simples: use sempre uma toalha lavada. Se não tiver, limpe as mãos a uma toalha de papel onde ninguém tocou.

at_archive_aebbe8797f1a5c4407457e99e93b68ba0ff7ce4

3. Limpe a casa com rolo de cozinha em vez de panos 

Está a ver aqueles panos de microfibras que toda a gente tem em casa para limpar a bancada da cozinha? Má ideia. Para períodos tranquilos, sem epidemiais virais, pode servir; mas em épocas de risco de pandemia, como esta, os panos reutilizáveis não são eficazes. "Quando se limpa uma superfície, os micróbios alojam-se no pano e depois espalham-se pela próxima superfície que limpar", explica a microbiologista ao Apartment Therapy. Em vez de limpar, está a espalhar.

Opte sempre por limpar a sua cozinha – especialmente as zonas mais usadas e que têm mais contacto com as suas mãos – com rolo de cozinha. Não é muito caro e vai para o lixo, evitando contaminações.

at_house tours stock archive_6e367e9f4a8d9d68985d5

4. Use sprays ou toalhetes antibacterianos 

As superfícies que estão em contacto com a comida, como a bancada da cozinha ou os pratos, são lavados com detergentes antibacterianos em casa de Sally Bloomfield. Depois, ela passa-os bem por água para limpar tudo. Se se tratar de superfícies que depois não podem ser facilmente passadas por água, como a sua mesa de jantar, opte por limpá-las com o produto que usa habitualmente e depois desinfectá-las com um spray ou uns toalhetes antibacterianos.

stock_custom stock_bathroom-cleaning-stock-apartme

5. Compre um bom desinfectante de casa-de-banho 

A limpeza da cozinha e a lavagem das mãos não são os dois únicos conselhos dados pela microbiologista. As zonas da casa com mais humidade, como a casa-de-banho, têm de ser bem limpas com um bom desinfectante. Só assim consegue evitar o surgimento de fungos e mofo que podem causar vários problemas respiratórios, uma das principais consequências do coronavírus.

Não se esqueça do mais importante conselho dado pelas autoridades de saúde: uma limpeza eficaz, tanto das mãos como das superfícies onde mexe regularmente, é a forma mais eficaz de conter a propagação do vírus. Isso e evitar tocar com as suas mãos na cara ou tossir sem ser para um lenço de papel ou o seu braço.

 

Um óptimo dia para si onde quer que esteja,

Ele

 

fotos: apartment therapy

 

Powered by Blogger.