Quando provar este Molotof não se admire com maravilhosa explosão de sabores que vai sentir....





Ingredientes:


8 claras
8 c. (sopa) de açúcar
8 gotas de sumo de limão
groselha q.b.
doce de framboesa q.b.
1 embalagem de framboesas (125g)
manteiga para untar a forma q.b.

Modo de Preparação:

Comece por untar bem uma forma de buraco (aprox. 25 cm de diâmetro) com a manteiga.

Bata as claras em castelo até começarem a crescer e a ficarem brancas. Nessa altura, sem parar de bater, junte o limão.

De seguida, continuando sempre a bater, vá juntando o açúcar aos poucos até as claras estarem bem firmes. Isso vê-se quando ao levantar as varetas de bater se formam picos de clara na extremidade das mesmas (a isto chama-se ponto de merengue).

Para terminar, e sempre continuando a bater, junte às claras a groselha a gosto até obter uma coloração levemente rosada que pode ser mais clara ou mais escura dependendo da quantidade de groselha que quiser adicionar.

nota: não convém exagerar na quantidade groselha pois pode destabilizar as claras, coloque apenas o suficiente para dar uma coloração rosa

Pegue na forma e, com a ajuda de uma espátula, vá colocando dentro desta as claras aos poucos e alisando-as para ficarem bem acamadas de forma a não criarem bolsas de ar no interior, no final alise cuidadosamente a superfície.

Leve ao forno, pré-aquecido a 170ºC, durante 11,5 minutos. No fim do tempo retire do forno e deixe arrefecer na forma.

nota: não caia na tentação de mexer no forno até ao final do tempo, pode parecer que está a ficar escuro ou queimado e pensar em abrir o forno para ver, não o faça espere até ao final do tempo e depois desligue o forno.

Quando o Molotof estiver totalmente frio desenforme para um prato e coloque no frigorífico até ao momento de servir. Antes de levar para a mesa regue com o doce de framboesa e enfeite com as framboesas.

nota: o doce de framboesa é bastante espesso, por isso retire umas 3 ou 4 colheres de sobremesa bem cheias para uma tigela, junte um pouco de água (apenas o suficiente para tornar o doce mais fluído) e mexa muito bem para obter uma consistência mais fina.

Acompanhe o Molotof com uma molheira de doce, todos vão agradecer!




O limão é essencial para estabilizar as claras e lhes dar a densidade que necessitam para ficarem bem firmes.
a forma deve ser de alumínio, pois aquece rapidamente e coze melhor o Molotof. Por outro lado também arrefece muito rápido evitando que o Molotof continue a cozer depois de sair do forno.
o tempo de cozedura deve ser calculado em função do número de claras e contando 1,42 minutos por cada clara.


Fonte original todos os direitos reservados a: https://atravessabv.wordpress.com
Powered by Blogger.