crumble de pêssego sem glúten, a sobremesa que vai ter de fazer este fim de semana

Fins de semana de inverno pedem sobremesas assim: quentinhas, deliciosas e acabadas de sair do forno. Então se forem saudáveis como esta que descobri no blog Snixy Kitchen junta-se o melhor de dois mundos, ou o útil ao agradável, ou – mais apropriado ainda – a fome à vontade de comer. Além de ser muito fácil de fazer, é ideal para alimentar uma multidão. Então se acompanhar com uma bola de gelado, é a sobremesa perfeita.

Para isso, precisa de ter em casa pêssegos maduros cortados às fatias, açúcar mascavado, amido de milho, extrato de baunilha e manteiga sem sal para o recheio. Para o crumble, precisa de flocos de aveia sem glúten, farinha de amêndoa, farinha de arroz, farinha de aveia sem glúten, amido de milho, açúcar, fermento, sal, manteiga sem sal e extrato de baunilha.

Se quiser saber as quantidades certas de cada ingrediente, para 6 a 8 pessoas, espreite aqui a receita original.

Gluten-Free-Brown-Sugar-Peach-Crumble-9.jpg

 

Pré-aqueça o forno a 190º C.

Comece por preparar o recheio: numa taça grande, misture as fatias de pêssego, o açúcar mascavado, o amido de milho e o extrato de baunilha.

Transfira o recheio para uma travessa ou para uma forma de tarte e espalhe por cima os pedaços de manteiga. Leve ao forno durante 20 minutos.

Enquanto isso, junte os flocos de aveia, as farinhas de amêndoa, de arroz e de aveia, o amido de milho, o açúcar, o fermento e o sal numa taça e misture bem, com a ajuda de uma batedeira. Acrescente a manteiga fria e o extrato de baunilha e volte a misturar, na velocidade média, até obter uma espécie de crumble.

Disponha o crumble que obteve por cima do recheio de pêssego e leve ao forno durante mais 40 a 45 minutos, até o recheio começar a borbulhar e o topo ficar com um tom entre o dourado e o acastanhado.

Sirva quente, com uma colher de gelado de baunilha ou do seu sabor preferido.

 

Um ótimo fim de semana,

Ela

 

receita e foto: snixy kitchen

 

Powered by Blogger.