spaghetti de alho e camarão para fazer em 15 minutos e que suja apenas uma panela

À segunda-feira, sinto-me invariavelmente como um homem de 123 anos acabado de correr a maratona de Nova Iorque. Tudo me pesa, tudo se arrasta. O meu corpo é uma anémona ambulante, em busca do primeiro sofá disponível para se refastelar. É duro! E isso exige medidas drásticas – que é o mesmo que dizer jantares fáceis que não sujem muita loiça.

Hoje o eleito é este spaghetti de alho e camarão, do site The Kitchn, que fica pronto nuns chocantes 15 minutinhos – menos, até! – e que suja apenas uma panela. Vendo bem as coisas, se comermos o jantar directamente da panela, nem sequer tenho de lavar mais nada, o que não parece nada má ideia para o índice de genica que tomou conta deste corpinho de Adónis na reforma.

Para fazer esta maravilha, só vou precisar de esparguete fininho, camarão descascado, vinho branco, alho picado, manteiga, piripíri (se gostar), sumo de limão espremido no momento e coentros picados (a receita original é com salsa, mas eu vou substituir). Para saber as quantidades certas de cada ingrediente, consulte a receita original aqui.

c46292276e7fa58b4ad8caeadbc890a9.jpg

 

Agora vamos à beleza deste jantar: a rapidez. Coloque água e sal na tal panela que vai sujar e coza a massa, seguindo as instruções da embalagem, durante 7 a 8 minutos, até ficar al dente.

Escorra a massa e guarde de parte cerca de 120 ml da água que usou para a cozer. Seque bem o camarão, tempere-o com sal e pimenta e salteie-o, na mesma panela – já sem água –, com um fio de azeite, durante um minuto. Vire os camarões ao contrário e junte-lhes o vinho branco, o alho picado e o piripíri (se usar). Cozinhe durante mais um a dois minutos até o vinho evaporar ligeiramente. 

Retire a panela do lume, adicione a manteiga e mexa até esta derreter. Finalmente, coloque a massa cozida na panela, o sumo de limão e os coentros picados (ou a salsa). Mexa bem, enquanto vai acrescentando, aos poucos, a água onde cozeu a massa. O objectivo é que a água ajude a soltar o spaghetti e a tornar o molho mais cremoso. Mas pode não precisar de acrescentar a água toda – pare quando achar que o molho já está com a consistência ideal.

Depois é decidir: suja mais um prato ou come directamente da panela?

 

Um óptimo jantar para si onde quer que a terça-feira esteja (longe demais...),

Ele

 

receita e foto: the kitchn

Powered by Blogger.